Letra Imito Papillon

Eu queria ser como o meu pai

 E dar aquela proteção que nunca trai

Ser como o ranger vermelho,

verosimel,ver um lider ao ver-me ao espelho

Queria ser como o Simba

Com tarimba pa na selva ser rei e ainda

Ser como Henry no Arsenal

Ter força pra correr atrás sem que eu passe mal

Eu queria ser como Harry Potter

Com palavras magicas que abrem qualquer porta

Eui queria ser como o Neo

 

E mandar a matrix pá ... que o pariu

ser o como Malcom ser como Martin

Ser contra o mal e virar um martir

Ser Malala nem bala me abatem

Ser como a alma de Mahatma Gandi

com força da fisica de Albert Einstein

Com força fisica de Ali, são punchlines

força de vontade pa lutar por algo mais

oportunidade pa defender os demais

Isto era eu a querer ser o heroi de toda a gente

Até que percebi uma verdade que não curti

Quem é que salva o heroi? resposta pendente,

Se tiveres que salvar alguem, da proxima começa por ti

...

 

Nunca quis ser salazar

Tirar a tua liberdade e então bazar

Nunca ser como caim

Matar o meu unico irmão memo assim

Nunca quis ser o scar

Deixar o poder pela coroa me cegar

Nem ser como stalin

Sacrificar people tipo fichas num all in

Nunca quis ser o smith

Eliminar quem o sistema não permite

Nuncas ser como judas

O equivalente a trinta filhos de putas

Nem ser o bush nem o binladen

Cada um com a sua claque bem manipulada

Nem esse bofia de arma articulada

Pronto para ver a minha raça aniquilada

Jamais ser a malevola com a maldição de morte

Jamais ser o hitler com seu braço apontar pa norte

Nem atentar contra um bébe estilo voldemort

Nem dar a volta ao mundo com sangue no meu passaporte

Isto era eu, a evitar ser o vilão de toda a gente

Até que percebi de uma verdade que não curti

Para ser vilão só precisas duma opinião diferente

Se tiveres que matar alguem, da proxima começa ti

...

 

Cuidado quando cospes pro ar  o cuspe pode cair-te na testa

Deixa o tempo mostrar-te quem presta e quem não presta

Dizem que a primeira impressão é que conta e

Esquecem que conta da equação não acaba aqui

Eu cresci a ver herois lutarem com vilões

Vi vitorias e vencidos não vi as motivações

Não vi as razão para, as causas que, nem vi as crenças,

Acredita que isso faz toda a diferença

Porque talvez ao entender o outro lado

Faz te entender que não existe outro lado

Faz-te render ao facto de teres sido trollado

De que não há razão pra guerra porque o mundo está atrelado

Morrer pra ser herói, viver para pa ser vilão, heis a questão

A pergunta que ainda ninguem respondeu

Não sei de qual dos dois acabarei por ser extensão

So sei, que até lá, prometo ser sempre eu.

 

Imito | Papillon

Produção Slow J

Letra Papillon

Masterização Charlie Beats